BEM VINDOS AO SITE DO MOVIMENTO CULTURAL MULHERES DE ZÉ
 

Movimento cultural Mulheres de Zé é uma iniciativa empreendedora de exaltação e valorização da cultura negra, e sua influência inconteste para a formação da cultura brasileira, através das vertentes gastronomia, música, dança, artes plásticas e espiritualidade.  

Objetivando olhar para frente, sem esquecer o "prá trás", Mulheres de Zé é um encontro de resistência e manutenção da história da cultura negra, nao só sob sua vertente acadêmica, mas também sob o olhar e malemolência da malandragem carioca, a "Escola da Vida".

Idealizado por Nayra Cezari, o movimento cultural Mulheres de Zé é inspirado na influencia exercida em centenas de mulheres por este ser quase mitológico das religiões afro descendentes, o malandro Zé Pilintra. São múltiplas as denominações que esse espírito recebe - Padrinho, Amigo, Compadre, Camarada, Pai – também encerrando a figura feliz do bom malandro e sua corriola tão presente na vida das mulheres e dos homens que creem em sua existência.

O Mulheres de Zé é um movimento cultural que reúne a fina flor do samba, gestores do maior espetáculo da Terra, artistas do Carnaval e do samba, canto, dança, artes plásticas e gastronomia, de modo seja possível a comunhão de experiências e conhecimentos essenciais ao olhar para frente, valorizando-se as origens e pensando-se o futuro.

Os encontros terão espaço para todo tipo de arte, palestras, exposições, mostra de vídeos institucionais, com personalidades e anônimos crédulos do valor da cultura negra, da boa Malandragem, sem prejuízo de estar de portas abertas para a apresentação e valorização de artistas da cultura carioca.

O primeiro encontro oficial ocorreu na sexta-feira 28 de dezembro de 2012, na Lapa, Centro Histórico do Rio de Janeiro, berço da malandragem carioca e polo de cultura da Cidade Maravilhosa, contando com palestra, exposição de artes, gastronomia e música.