MZ - Ações Sociais

A Missão

Nossa Missão:

 

O movimento Mulheres de Zé objetiva estudar e compreender nossa sociedade através da influência da cultura negra, valorizando as várias matizes através das quais essa é representada, com a conjugação das escolas formais e a escola da vida.

Mulheres de Zé visa exaltação e crítica. É pragmático e lúdico. É passado, presente e futuro!

As Mulheres

Diretoras:

 

Presidente de Honra: Sr. Zé Pilintra

Fundadoras:

Nayra Cezari - Produtora Artística, Divulgadora de Eventos e Projetos ligados ao Samba, Colunista do Portal Áfricas.

Ex-passista da Vila Isabel e Unidos da Tijuca,atualmente é desfilante da Beija-flor de Nilópolis.

Célia Maria Felipe - cabeleireira, pesquisadora de samba,sambista.

Guaraciara Werneck – Yalorixá de Oxossi.

Geórgia Gomes - passista, destaque no carnaval carioca, produtora do evento Bóbó da Geórgia, quituteira de primeira.

Cacau Rodrigues – Fotógrafa especialista em editoriais de Moda e ensaios sensuais.

Luciana Freitas - Jornalista – Chefe de Redação da rádio Estadão de São Paulo,

Joice Hurtado – Jornalista, Proprietária do Site Sambanews, Foliã desde de criança.

Juliana Ferreira – Cantora e compositora, nascida e criada na Unidos de Vila Isabel.

Joelma Lisboa – Jornalista, Produtora e especialista em carnaval.

Roberta Correa -Advogada, produtora, Diretora de Harmonia no Academicos do Salgueiro.

Luzinete Lima –Publicitária, Produtora e Gestora de Carnaval, Pesquisadora da Cultura Popular.

Miriam Santos – Produtora de programas de rádio especialista no mundo do Samba, Doceira

Tatiana Valasek –Produtora Musical e Artística.

Gisele Mendes – produtora, pesquisadora de carnaval, especialista no quesito Harmonia.

Mayla Tomé – Produtora de eventos, Bar woman, entusiasta do samba e da folia de rua.

Deise Lyrio – Funcionária Publica e sambista.

Isabele Soares – Designer de Moda e Compradora de Carnaval da Beija-flor de Nilópolis.

Ingrid Araujo – Secretária Executiva, Sambista

Valéria Lima – Cantora e compositora.

Sandra Malandrinho - Nascida no samba foi criada por Beto Sem Braço, fez shows pelo mundo com samba e mulatas, e atualmente, é anfitriã dos turistas na Cidade do Samba e no Sambódromo carioca.

Flavia Moreira – Diretora do site Amigos do Samba, produtora de eventos, divulgadora.

Aninha Portal – cantora e compositora

 Cris Macedo - Jornalista, foliã

 Ellen Gaspar - Advogada, Diretora da Surya Produções Artísticas e Gestão Cultural, Anima Mundi

 

 

 

Os Zé's

 

Nossa Diretoria:


Presidente de Honra: Sr. Zé Pilintra

Luiz Fernando Ribeiro do Carmo – Laíla – Malandro-mor

Sidney Machado – Chopp – Conselheiro

Ubirajara Felix do Nascimento (Bira Presidente) - Conselheiro

Miro Lopes – Conselheiro

PC – Embaixador



Diretores:

André Cezari – Integrante da Comissão de Carnaval da Beija-flor de Nilópolis e Carnavalesco na Dragões da Real de São Paulo.

Nelson da Silva – Pesquisador, entusiasta do samba.

Fabio Martins – Advogado, Produtor Cultural, compositor de samba-enredo do Império Serrano.

Victor Cabral- Produtor Cultural, Líder Sindical, Apresentador.

Marcelo Negrão – Produtor Cultural, Cantor.

Lauro André – Prefeitura do RJ

Marco Antonio dos Santos – Contador - sambista

Marcio Lopes – Sambista de berço, Designer Gráfico e Fotógrafo.

Mestre Rodney – Músico, Mestre de Bateria

Enildo do Rosario (Viola) - Jornalista e produtor Rede Globo
Gledson dos Santos - O fiel
Marcos Frederico - Coordenação da equipe de cobertura do carnaval - Super Rádio Tupi

entre outros.

Bem vindos

Movimento cultural Mulheres de Zé é uma iniciativa empreendedora de exaltação e valorização da cultura negra, e sua influência inconteste para a formação da cultura brasileira, através das vertentes gastronomia, música, dança, artes plásticas e espiritualidade.  

Objetivando olhar para frente, sem esquecer o "prá trás", Mulheres de Zé é um encontro de resistência e manutenção da história da cultura negra, nao só sob sua vertente acadêmica, mas também sob o olhar e malemolência da malandragem carioca, a "Escola da Vida".

Idealizado por Nayra Cezari, o movimento cultural Mulheres de Zé é inspirado na influencia exercida em centenas de mulheres por este ser quase mitológico das religiões afro descendentes, o malandro Zé Pilintra. São múltiplas as denominações que esse espírito recebe - Padrinho, Amigo, Compadre, Camarada, Pai – também encerrando a figura feliz do bom malandro e sua corriola tão presente na vida das mulheres e dos homens que creem em sua existência.

O Mulheres de Zé é um movimento cultural que reúne a fina flor do samba, gestores do maior espetáculo da Terra, artistas do Carnaval e do samba, canto, dança, artes plásticas e gastronomia, de modo seja possível a comunhão de experiências e conhecimentos essenciais ao olhar para frente, valorizando-se as origens e pensando-se o futuro.

Os encontros terão espaço para todo tipo de arte, palestras, exposições, mostra de vídeos institucionais, com personalidades e anônimos crédulos do valor da cultura negra, da boa Malandragem, sem prejuízo de estar de portas abertas para a apresentação e valorização de artistas da cultura carioca.

O primeiro encontro oficial ocorreu na sexta-feira 28 de dezembro de 2012, na Lapa, Centro Histórico do Rio de Janeiro, berço da malandragem carioca e polo de cultura da Cidade Maravilhosa, contando com palestra, exposição de artes, gastronomia e música.