Ele é do povo! Cacique de Ramos tem a Roda de Samba que mais atrai sambistas de todo Brasil



Entre as muitas rodas de samba do Brasil, o Cacique de Ramos mantém sua hegemonia ao longo de seus 54 anos de história e muito Samba de Raiz e Partido Alto, sem deixar de lado o seu maior orgulho que é o carnaval carioca.

À frente deste gigante está Bira Presidente que é líder da Tribo do Samba desde sua fundação, em 1961. Em sua trajetória, o Cacique de Ramos revelou grandes nomes da musica e também diversos artistas de outros seguimentos. Um dos maiores símbolos da cultura carioca e de grande expressão no cenário cultural do país se faz presente e eloquente em busca da valorização e da imortalidade do samba autentico. Prova disto é a preservação de sua manifestação cultural exercida sob as benção das Tamarineiras todos os domingos. Na presença de artistas e personalidades a Família Caciqueana se une a Diretoria de Ouro de Bira Presidente em comunhão com as Alas Reunidas do bloco e também as musas, princesas e rainhas,  para realizar um dos eventos mais concorridos da Cidade Maravilhosa.

Neste  primeiro domingo de outubro, Bira, o Cacique Maior,  recebeu a comitiva da Liga das Escolas de Samba de Santa Catarina, a ALIESSC e seu presidente Joel Costa Junior.  Odilon Costa, da harmonia do Salgueiro, Paulão e Pacheco, diretores do Renascença Clube, e também as  caravanas de São Paulo, Curitiba, Minas Gerais e Salvador que são frequentes nos eventos do Templo Sagrado do Samba. Além dos cantores Anderson Ribeiro, Caixa D’água da Portela, Flavia Saolli, Julio Macabu e PC Macabu que acompanhados dos acordes da prata da casa, o Grupo Quinteto Cacique promoveram um lindo festival da cultura popular, traduzindo o sentimento deste povo alegre e festeiro que se orgulha da sua arte.

Bira Presidente  que também recepcionou o amigo presidente da majestade do samba, a Portela, Serginho Procópio, aproveitou a ocasião para formalizar o convite ao grande publico que esteve presente no Doce Refúgio para participarem também do carnaval do Cacique de Ramos, em 2016, que terá grandes surpresas e a certeza de viver um dos maiores e mais emocionantes desfiles de sua história de folia e glórias.

 

Fotos: ASCOM CACIQUE DE RAMOS / CRÉDITOS: Marcio Lopes e Michelle Beff

 

Bloco Cultural Sete de Paus realizará feijoada para homenagear seu primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Douglas Motta e Yohanna Fernanda.

Mestre Manoel Dionísio e Tico do Gato também serão reverenciados no evento



Bloco Cultural Sete de Paus promove feijoada para homenagear seu primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, dia 11 de outubro, véspera de feriado de Nossa Senhora Aparecida.

Prometendo agitar a região de Vila Isabel e Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro, o evento ainda presta homenagens ao Mestre Manoel Dionísio, presidente de honra da escola de mestre-sala, porta- bandeira e porta estandarte que leva seu nome e é responsável pela grande maioria dos mais renomados artistas deste segmento na folia carioca.    E o cantor e compositor Tico do Gato, jornalista e idealizador de um dos prêmios e festas mais concorridos do carnaval carioca, o Troféu Gato de Prata.

No evento que terá inicio às 12h, o prato principal será uma apetitosa feijoada no Bar e Restaurante " Na Parada Nosso Bar",  que fica na Rua Visconde de Itamaraty, 168- Tijuca.

Símbolos da festa, o jovem casal Douglas Motta e Yohanna Fernanda , que além de serem  os condutores do Pavilhão Amarelo e Preto, do Bloco Cultural Sete de Paus que tem Márcia Rossi como  presidente, também formam o primeiro casal da Escola Mirim Herdeiros da Vila, da Unidos de Vila Isabel.

Serviço: Feijoada do Bloco Cultural Sete de Paus

Data: 11 de Outubro de 2015 (domingo)

Local: Bar e Restaurante " Na Parada Nosso Bar"

Endereço: : Rua Visconde de Itamaraty, 168- Tijuca

Valor: R$25,00 ( Entrada + feijoada)