Beija-Flor de Nilópolis divulga Sinopse 2019

logo Beijaflor 2019

“QUEM NÃO VIU, VAI VER

AS FÁBULAS DO BEIJA-FLOR”

Leia a justificativa do enredo:

 

 

A proposta do Carnaval 2019 da Beija-Flor de Nilópolis é uma celebração aos seus 70 anos de história, resgatando a memória do Pavilhão através de uma releitura contemporânea e fabulosa dos enredos mais marcantes da Agremiação.

Quem Não Viu, Vai Ver, e quem viu, vai novamente poder se emocionar com As Fábulas do Beija-Flor, uma coletânea das aventuras conduzidas pelo voo do Beija-Flor, animal símbolo da Escola, e o narrador-personagem dos enredos.

O embasamento e a argumentação deste projeto carnavalesco perpassam pela definição do conceito de fábula, pela relevância histórica e pedagógica do escravo grego Esopo, e pela missão do Carnaval enquanto espetáculo e manifestação cultural.

As fábulas são narrativas de fatos, imaginários ou não; fabulações cujas personagens são animais (e ainda plantas e seres inanimados) que agem como seres humanos, apresentam características humanas,  tais como a fala e os costumes, e têm como objetivo promover reflexão e propiciar  ensinamentos através da moral da história.

A inspiração na obra milenar de Esopo baseia-se em uma identificação imediata, pois do mesmo modo que os preceitos morais deixados como legado por este  visionário permanecem atuais e atemporais, a Beija-Flor de Nilópolis sempre revelou-se uma Escola pioneira, à frente de seu tempo.

Da mesma forma que as narrativas de Esopo se tornaram famosas ao longo da História da humanidade, os carnavais da Beija-Flor inspiraram e incitaram importantes reflexões na nossa sociedade, ambos embebidos de arte em um universo de magia e fantasia; e tanto as fábulas quanto o Carnaval são elementos populares. Sendo que o Carnaval, enquanto a mais genuína expressão da nossa identidade, também apresenta, através dos desfiles das Escolas de Samba, temáticas fictícias que têm por finalidade disseminar informação, conhecimento, cultura e entretenimento, cantadas em verso e prosa – tal qual as fábulas – através do samba-enredo.

 

Confira a Introdução e Sinopse da Beija-flor 2019 http://mulheresdeze.com.br/index.php/sinopses-2019/754-beija-flor-de-nilopolis-sinopse-2019

Mocidade segue com 13 sambas na disputa

Eliminatrias de Sambas Mocidade Eduardo Hollanda 106A Mocidade Independente de Padre Miguel realizou neste domingo, 29 de julho, em sua quadra histórica da Vila Vintém, a segunda eliminatória de samba para o Carnaval 2019.

Dezesseis parcerias se apresentaram e treze continuam na disputa, que prossegue no próximo domingo. O evento contou ainda com a visita da vice-campeã de 2018, Paraíso do Tuiuti, e com a apresentação dos segmentos da Estrela Guia da Zona Oeste.

 

 

 

 

Confira a relação de sambas que permanecem na competição: 

- Fernando Muniz, Dra. Izaura César, Vanderlei Brinco, Itamar Ferreira César
- J.Giovanni, Ricardo Simpatia, Gustavo Soares, Solano Santos, Jedir Brisa, Dudu Educar, G.Alves e Igor Vianna
- Trivella, Peixoto, Juca, Vaz, Caruso, Beto Moura, Dudu Precisão e Wemerson Calheiros
 - Rafael Drumond, Renato Duarte, André Pimentel, Roger Correia, Vanessa Pimentel, Diego Procópio, Julinho e Beto Fera
- Jefinho Rodrigues, Diego Nicolau, Marquinho Índio, Jonas Marques, Richard Valença, Roni Pit Stop, Orlando Ambrosio, Cabeça do Ajax
- Fabiano Alcântara, André Baiacu, Paulo Ferraz, Marlon P, Márcio Silva, Junior Diniz, Vinicius Sombra
- Valdir Cruz, D´arc, Jorge Alves, Jorge Carvalho, Vassil e Anderson Migão
- Elton Babu, Rafael Lima, Jorge Maia, Leandro Balinha, Jotinha, Wendel Couto, Guto Biral e Henrique Negão
 - Domenil, Marcelo do Rap, Jairo Santos, Dr. Márcio, Professor Laranjo, Márcio Ribeiro, Rodrigo Motta e Fábio Arerê
- Jaci Campo Grande, Nito de Souza, Danilo Grande, Marcinho.com, Ronaldinho, Bruno Ferrari, Igor Bazilio e Aurélio Brito
 - Denilson do Rozário, Léo Peres, Carlinhos da Chácara, Alex Saraiça, Marcelo Casa Nossa, Darlan Alves,Gui Cruz e Lula
- Tânio Mendonça. Tim Daflon, Vagner Moraes, Claiton, Natan, Alexandre e Karmem Mocidade
- Cristiano Plácido, Rodrigo Medeiros, Bruno Serrinho, Jailton Russo, Pestana, Fabio Braga, Gilberto Monteiro e Mauro Dias
Em 2019, a escola busca o seu sétimo título com o enredo ''Eu sou o Tempo. Tempo é vida''. O desfile terá o desenvolvimento do carnavalesco Alexandre Louzada. A grande final acontece no dia 22 de setembro.
 

Foto: Eduardo Hollanda