Unidos da Ponte anuncia Cassianne Figueiredo para conduzir o segundo Pavilhão da escola

ponte2 CASAL 003Porta-Bandeira reencontra Raphael Nascimento que volta a ser seu Mestre-Sala

Após a chegada de Raphael Nascimento, a Unidos da Ponte anuncia Cassianne Figueiredo, formando o novo 2º casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira da Azul e Branco da Baixada, rumo ao carnaval 2019.
Com experiência na Marquês de Sapucaí, tendo passado por Alegria da Zona Sul e Acadêmicos do Sossego por duas temporadas, Cassianne já foi primeira Porta-Bandeira na Unidos do Jacarezinho, Unidos da Vila Santa Tereza e Unidos de Bangu.
- Estou muito feliz e espero realizar um ótimo trabalho, visando sempre ajudar a escola. O Rapha e eu temos uma sintonia e vamos com muita garra, pois tradição a escola tem bastante - declarou, Cassianne.
A nova 2ª Porta-Bandeira da Unidos da Ponte já foi cortejada por Raphael no Arrastão de Cascadura em 2016 e 2017, conquistando a nota máxima para a escola naquela oportunidade.
A Unidos da Ponte já prepara um novo evento para o mês de agosto, onde pretende reunir grandes escolas de samba da Baixada Fluminense. A Azul e Branco abrirá o primeiro dia de desfiles da Série A, na sexta-feira de carnaval em 2019.

Rocinha muda o concurso de samba de enredo para o Carnaval de 2019

entrega de samba RocinhaPara o carnaval de 2019 o Acadêmicos da Rocinha mudou a forma de disputa de samba de enredo. Buscando aumentar a disputa e dar oportunidade para que compositores de todo país possa concorrer, a escola de São Conrado, receberá sambas de todo o Brasil.

Uma comissão julgadora da escola selecionará 4 sambas no dia 12 de agosto. Os selecionados se apresentarão na quadra no dia 25 de agosto, data em que a escola definirá o hino para o próximo carnaval.

- A disputa foi pensada nos compositores devido a crise, pois assim seria mais barato e todos poderiam participar, comenta o presidente Ronaldo Oliveira.

Nos dias 08 e 29 de julho o carnavalesco Junior Pernambucano estará na quadra da agremiação para um tira dúvidas com os compositores. Os encontros acontecerão das 15h às 18h na Rua Berta Lutz, 80.

No próximo ano a escola pedirá o fim do preconceito através do enredo "Uma banana para o preconceito” e será a terceira a desfilar na sexta de carnaval.