Cidade do Samba: Barracões estão interditados pelo Ministério do Trabalho

 

Por determinação do Ministério do Trabalho, as escolas do Grupo Especial estão proibidas de abrirem seus barracões. A interdição será feita até que todas agremiações tomem medidas pedidas pelo Ministério do Trabalho.

Na sexta-feira todas escolas se reuniram com os representantes do Ministério do Trabalho e cada agremiação recebeu as medidas que precisa tomar para ter a liberação de seu barração. Um dos pedidos é a contratação de eletricista e técnico de segurança do trabalho para cada escola. Além disso, elas vão ter que fazer diversas obras internas em suas redes elétricas e em outros pontos dos barracões.

Sorteio define a ordem de apresentação das Escolas do Grupo Especial em 2018

 

O Império Serrano abre e a Beija-Flor de Nilópolis encerrará os desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial em 2018.

 A LIESA realizou sorteio para definir a ordem dos desfiles das 13 agremiações do Grupo Especial no Carnaval 2018,  durante o encerramento do evento Carnavália/Sambacon, neste sábado, 15 de julho, no auditório do Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova.

Jorge Castanheira, presidente da LIESA,  agradeceu a presença dos representantes das agremiações e da Imprensa, além do presidente da LIESA, a mesa diretora foi composta pelo ex-presidente da Liga, Ailton Guimarães Jorge, e pelo presidente da LIERJ, Déo Pessoa.

O plenário da LIESA definiu que três Escolas já tinham posições definidas: o Império Serrano, campeão do Grupo de Acesso Série A, abrirá o espetáculo de domingo, 11 de fevereiro; a Paraíso do Tuiuti, 12ª colocada do Grupo Especial, seria a sétima e última agremiação a se apresentar neste dia. A Unidos da Tijuca, 11ª colocada do Grupo Especial, será a primeira a se exibir na Segunda-Feira, 12 de fevereiro. Estas escolas, porém, tinham o direito de trocar de posição com outra que desfilasse no mesmo dia.