Sala de Imprensa - A Notícia Em Tempo Real

Parceria de Alexandre Naval assina o hino da Estácio de Sá 2019

Após quase 12 horas de festa, o GRES Estácio de Sá elegeu, já na manhã de domingo, o samba-enredo que a comunidade vai cantar ao pisar a Marquês de Sapucaí no sábado, 02 de março, defendendo o enredo “ A fé que emerge das águas”, contando a história de fé e devoção do povo panamenho ao Cristo Negro de Portobelo.

O agito, que começou no início da noite de sábado, com pagode do Mestre Chuvisco, recebeu cerca de 4 mil pessoas na quadra da escola, entre eles , muitos panamenhos que vivem no Rio de Janeiro. O Panamá também pôde assistir ao vivo a festa , que foi transmitida pelas redes sociais da escola por toda a noite.

- O povo panamenho está muito contente com essa homenagem, muitos já querem desfilar na Estácio e já consideram a escola como parte do coração. O Nazareno é o nosso maior tesouro, a escola acertou muito neste tema e, também em trazer a Érika Ender para o desfile. Estamos já muito ansiosos pelo 02 de março e vamos torcer muito para o campeonato, disse o jornalista Carlos Arias, panamenho e apaixonado pelo Brasil e por Carnaval, que viajou especialmente para acompanhar a festa na quadra da vermelho e branco.

Quatro parcerias se apresentaram no palco do Berço do Samba. Embalados pela Bateria Medalha de Ouro, os ocmpositores deram um show de alegria e as torcidas se esforçaram ao máximo para conquistar a preferência da direção da escola.  Momentos antes da apresentação, Leziário Nascimento, presidente da agremiação, falou sobre a disputa.

- É um difícil que vai ser fácil porque temos quatro sambas com totais condições de serem campeões e , por isso, a gente sabe que não vai errar na escolha, porque nós temos quatro campeões. Quem vai escolher são os segmentos, declarou.

Após duas horas de apresentação e já com o dia claro, o intérprete Serginho do Porto entoou os primeiros versos da parceria composta por Alexandre Naval, Edson Marinho, jorge xavier, Luiz Sapatinho, Tinga, Cláudio e Álvaro Roberto, com participação especial de Júlio Alves.  Bicampeões da disputa, Naval e Sapatinho, conhecido comerciante do bairro, não seguraram a emoção.

- Até o ano passado, eu nunca havia tido a sorte de ter um samba meu cantado na Avenida. Até disse que , se eu ganhasse, já podia morrer. Agora sou bicampeão e mudei de ideia, quero viver mais um pouco para continuar vivendo essa emoção. Foi uma disputa muito dura, os sambas eram todos muito bons e, a cada semana, a gente tinha que se superar com o canto da nossa torcida. Eu nem sei o que dizer em um momento desses a não ser que sou grato, muito grato mesmo por ter alcançado esse resultado, disse Naval, que também é o presidente da ala dos compositores.

Foto: Dayse King

Aesm-Rio define ordem de desfiles das escolas de samba mirins para o próximo carnaval

Durante reunião plenária extraordinária realizada na sede da entidade na manhã deste sábado (15) a diretoria da Associação das Escolas de Samba juntamente com representantes das agremiações que formam o grupo mirim definiram através de sorteio a sequência de apresentação das escolas para o Carnaval 2019. Como de costume, o sorteio foi dividido em dois momentos: no primeiro os dirigentes sortearam um número correspondente a sequência à qual retornaram para desta vez sim, ser definir a ordem de apresentação.

Foram concedidos dez minutos para prováveis trocas entre as escolas e momento do esclarecimento de dúvidas quanto aos horários de início e término dos desfiles, tempo regulamentar de cada apresentação na Passarela do Samba e locais para a concentração. Após trocas entre as escolas Mangueira do Amanhã e Herdeiros da Vila, Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy e Petizes da Penha, além da Nova Geração do Estácio e Infantes do Lins, ficou definida na seguinte sequência a apresentação das escolas na Terça-feira de Carnaval:

1 – Mangueira do Amanhã

2 – Corações Unidos do Ciep

3- Infantes do Lins

4 – Filhos da Águia

5 – Pimpolhos da Grande Rio

6 – Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy

7 – Tijuquinha do Borel

8 – Miúda da Cabuçu

9 – Império do Futuro

10 – Inocentes da Caprichosos

11 – Estrelinha da Mocidade

12 – Aprendizes do Salgueiro

13 – Nova Geração do Estácio de Sá

14 – Petizes da Penha

15 – Golfinhos do Rio de Janeiro

16 – Herdeiros da Vila

A festa realizada pela garotada está prevista para ter início às 17h30min, tendo cada agremiação o tempo regulamentar de 30 minutos para desfilar. Os desfiles das escolas mirins acontecem na terça-feira, dia 05 de março de 2019, encerrando a grande festa do carnaval carioca no Sambódromo, com entrada nos setores de arquibancadas gratuitas.

 

Foto:

Desfile da escola mirim Filhos da Águia

Crédito: Rodrigo Rigon

 

Unidos da Vila santa Tereza tem novo 2º casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira

 

Após a saída de seu 2º casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira por conta de motivos particulares, a diretoria da Unidos da Vila Santa Tereza acertou a chegada de Gerson Anjos e Tamires Ribeiro, que conduzirão o segundo pavilhão da escola.
Formando par com o Gerson pela primeira vez no carnaval 2019, Tamires tem passagens pela Unidos de Cosmos, Vila Kennedy e Villa Rica, sempre como segunda Porta-Bandeira.
- Espero fazer um grande desfile ao lado do meu mestre-sala. Já estamos ensaiando e vamos ajudar a escola sempre no que a gente puder. Vila Santa Tereza é uma verdadeira família e sei que faremos um beo carnaval em 2019 - contou, Tamires.
Também confiante num grande carnaval em 2019, Gerson Anjos, que iniciou sua carreira como Mestre-Sala na Flor da Mina do Andarai, fala da oportunidade de realizar este trabalho ao lado da Tamires.
- Apesar de nunca termos dançado juntos, eu já a conhecia. É uma grande porta-bandeira e tenho certeza que vamos defender este pavilhão da melhor maneira possível - contou, Gerson.
A Unidos da Vila Santa Tereza será a 10ª escola a desfilar na segunda-feira de carnaval em 2019 pelo Grupo C, apresentando o enredo 'Sob um Olhar Negro. Valongo: A história de um Cais'

Cubango abre audição para ala de passistas

 
 
A Acadêmicos do Cubango realizará audição para novos integrantes em sua ala de passistas rumo ao Carnaval 2019. Os interessados(a) devem comparecer nos dias 19 e 26 de setembro, na quadra da escola, ás 20h. Há vagas para homens e mulheres. Para fazer a inscrição é necessário levar RG, CPF e foto de corpo inteiro. Os cadastros serão feitos no próprio dia da audição.
 
As vagas contemplam homens de 18 a 50 anos, e mulheres de 18 a 40 anos. A direção da ala de passistas pede também que os candidatos compareçam com roupas confortáveis e salto alto(mulheres). Quem se destacar integrará a ala comandada por Marluci Azevedo. A quadra da agremiação fica na rua Noronha Torrezão, 560, em Niterói. Em 2019, a Acadêmicos do Cubango será a última escola a desfilar no sábado de folia.

Unidos de Manguinhos já tem samba para o Carnaval 2019

LOGO ENREDO Manguinhos 2019Na noite de quinta-feira (6), a Unidos de Manguinhos realizou a grande final da disputa de samba-enredo que teve como resultado a vitória dos compositores Odmar do Banjo, Tim do Taxi, Marcelo Poesia, Carlinhos Devagar e Henrique Pris.

A verde, rosa e branco levará para a Intendente Magalhães em 2019 o enredo 'Carnevale' assinado pelo carnavalesco Diângelo Fernandes. Quatro parcerias participaram do concurso. De acordo com o presidente Carlos Alberto, o evento foi uma prova de que a agremiação segue firme em seu processo de resgate.

- Foi uma festa maravilhosa, a nossa comunidade abraçou a escola e espero que esse crescimento seja contínuo. A Unidos de Manguinhos é nossa agremiação de coração e trabalharemos para que sejamos campeões. Nosso objetivo maior é a Sapucaí - declarou o presidente.

A festividade contou com a apresentação do intérprete oficial da escola, Barata Benevenuto, da bateria “Ritmo Firme” de mestre Jean Baleado e rainha Ysa Santos, casais de mestre sala e porta bandeira, passistas, velha guarda e baianas. Também estiveram presentes personalidades do mundo do samba entre elas representantes da Acas - Associação Clube Amigos do Samba, Liga responsável pelos desfiles da Série E e mestre Lolo, diretor de bateria da Imperatriz Leopoldinense.

Confira a letra do samba:

A festa já começou

Vamos que o rei mandou cair na folia

Chegando a família real

Surgiu o carnaval, só alegria

Agradeço ao Zé Pereira

Começou a brincadeira

Com seu bumbo original

Ranchos, Corsos e Cordões

Arrastando as multidões pela Avenida Central

Deixa Falar, Estação Primeira

Vai Como Pode levanta o astral

Primeiras escolas a brilhar no meu Rio

Vi abrir as portas do Municipal

Da Rio Branco à Sapucaí

Veste a fantasia vem se divertir

No Bafo da Onça, Cacique de Ramos

Sambódromo é festa há 35 anos

Luz, câmeras e som na Intendente

Nossa história não é diferente

Tem altos e baixos, mas na Avenida

Comunidade está de bem com a vida

Quem vai a luta quer ser campeão

É verde, rosa e branco nosso pavilhão

Chegou Manguinhos batam palmas sou raiz

O samba faz o povo mais feliz

Seja criança ou baluarte vem sambar

Nesse teatro a céu aberto popular

 

Fotos: Luiz Claudio Menezes/Divulgação